5 dicas de self service!

23 de outubro de 2014

Viaje sem contar calorias!

23 de outubro de 2014

Como não substituir uma refeição

23 de outubro de 2014
empty image
empty image

Vida corrida faz parte da maioria das pessoas. E aparentemente comer virou algo secundário, deixou de ser prioridade. Nos esquecemos que precisamos comer para nos manter vivos.

E para facilitar a vida de todo mundo que quer perder peso dentre a correria do dia a dia, estão os shakes! Eles prometem emagrecimento saudável, basta você substituir uma a duas refeições diárias. Algumas empresas fornecem um dia inteiro de produtos, dentre os próprios shakes, cápsulas e chás.

image

Mas será que essas opções de substituição são válidas? Será que elas realmente emagrecem, ou valem a pena?

SOYLENT

Captura de Tela 2014-10-23 às 17.45.07

Antes de ontem recebi de um primo (tks Miller!) um site de um novo shake americano que está dando o que falar. Ele é o Soylent, produto produzido por Rob Rhinehart (um engenheiro de software) com a intenção de facilitar a maneira de se alimentar, economizando tempo e dinheiro. Segundo o próprio fundador, ele foi impulsionado pela necessidade de não perder tempo comendo e preparando a comida, ‘o que comemos é pouco prático e primitivo’. Rob diz que o seu produto além de ser prático e saudável, gera menos impacto ambiental. O slogan de Soylent é FREE YOUR BODY (ou seja, liberte seu corpo).

O soylent é vendido em pacotes diários de 2000 kcal totais, divididas em 50% de carboidratos, 22,8% de proteínas e 31,5% de gorduras, vitaminas e minerais. Segundo a própria recomendação do Soylent, você pode fazer 3, 5 ou 10 refeições ao dia, fica ao seu critério!

DIET SHAKE

DietShake

O Diet Shake já é antigo no mercado, e muita gente já viu ou experimentou. Segundo o próprio site da marca, “DIET SHAKE® TRADICIONAL é formulado com a mais avançada engenharia nutricional para promover um emagrecimento saudável e progressivo. Reúne em seus ingredientes, fontes de proteínas nobres, vitaminas, minerais e fibras alimentares, que ajudam no bom funcionamento orgânico”. A sugestão é que sejam substituídas 2 refeições principais por dia pelo shake. O Diet Shake é vendido em potes, onde você prepara com leite desnatado, segundo a recomendação do fabricante.

GLUCERNA

glucerna

O Glucerna é um velho conhecido das nutricionistas e médicos que trabalham nos hospitais. É um suplemento nutricional, utilizado para complementar a alimentação muitas vezes insuficiente de pacientes internados. Porém, é indicada de maneira off label por alguns profissionais de saúde como substituto de nutrição.

O Glucerna é encontrado em pó e em garrafinhas/embalagens tetra pak, e tem vários sabores, como chocolate, baunilha e limão.

HERBALIFE

herbalife

Por último, o herbalife. Essa marca super polêmica, que já foi alvo de acusações (contaminação de produtos por metais pesados, causa de hepatotoxicidade em usuários, esquema de pirâmide) é uma das mais famosas no ramo de shakes. Apesar dela fornecer vários outros produtos, os shakes são super procurados e questionados. Assim como os produtos Diet Shake, os shakes da Herbalife devem ser preparados com leite desnatado seguindo a recomendação do fabricante.

E vale a pena usar esses substitutos?

Não!!! Substituir uma refeição por shakes não é a salvação de ninguém, muito menos vai te resgatar da obesidade. Alguns shakes tem uma quantidade calórica reduzida em relação a um prato de comida, porém não conseguem estabelecer todos os nutrientes deste. E não adianta falar que o produto tem todas as vitaminas e minerais, nas quantidades necessárias para o dia… necessárias para quem? Cada pessoa tem uma demanda, tanto energética quanto vitamínica, e sobretudo, de minerais. A substituição de uma refeição não é a única forma de perder peso, é necessária uma mudança geral.

Além disso, o ato de se alimentar – e não só comer – é essencial para outros processos da nossa vida, que envolvem meio social, familiar e cultural. O almoço que você aproveita para conversar com seus amigos do escritório, ou para sair daquele ambiente por um tempo, é trocado por 5 minutos preparando um shake e tomando sozinho um copo, enquanto todo mundo se delicia com as maravilhas da culinária. O segredo não está no que comer, mas sim como comer! Os shakes não estabelecem o vínculo saudável que devemos ter com a alimentação, apenas automatiza aquele momento, dificultando mais ainda a nossa relação com o alimento. E podem sim trazer problemas relacionados a carência de vitaminas e minerais, por mais que eles prometam esses nutrientes!

E falando em nutrição…

Esse seria um prato de qualquer pessoa, e poderia ser substituído por um dos shakes… Mas será que vale a pena?

prato

Como uma imagem fala mais que mil palavras, aí vai o comparativo:

Captura de Tela 2014-10-23 às 17.43.55

Apesar do baixo valor calórico dos shakes da Diet SHae e Herbalife, os dois contém uma quantidade de fibras bem inferior ao esperado: e claro, nenhuma refeição ‘bate’ o bom e velho prato de comida. A versão americana tem um teor de gordura mais alto, o glucerna tem um valor proteico mais baixo – e inclusive mais calorias do que uma refeição!!!, e por aí vai…

Substituir a refeição por um copo de shake pode não emagrecer. Apesar de reduzir o valor calórico diário, as chances de compensação em outros momentos é muito grande… Por isso, encontre uma solução global e não pontual!

Acho importante avaliar bem a real necessidade de trocar um prato de comida saboroso por um shake batido. Será mesmo que é só a refeição que está te atrapalhando a perder peso?

Se você ainda tem dúvidas, consulte um bom profissional e reveja a sua relação com a comida!

Espero que tenha ajudado!

Beijos!