Diário da Nutricionista

7 de maio de 2013

Diário da Nutri – parte 2

7 de maio de 2013

Diário da Nutricionista – dia 01

7 de maio de 2013
empty image
empty image
Começou o Diário da Nutricionista!
Hoje é o primeiro dia. Gostaria de mostrar pra vocês como é possível comer bem sem fazer grandes restrições, sem pirar muito. E comendo o que a gente gosta.
Antes gostaria de esclarecer algumas coisas:
1) Talvez vocês não vejam muita carne por aqui. Não tenho NADA contra carne, só não tenho o hábito de comer sempre. Mas dou o maior apoio. Carne vermelha principalmente é importantíssimo, já que é uma excelente fonte de ferro e vitamina B12. Não sou vegetariana, mas prefiro peixes, sempre gostei mais :)
2) Minha alimentação não é uma dieta ou fórmula mágica. Isso é o que faz bem pro meu corpo. Talvez para outra pessoa seja pouco ou muito… O certo é procurar um profissional para saber o que você deve comer. 
3) Eu gosto de comer bem. Pra mim não é saúde substituir refeições por shakes, trocar proteína animal ou vegetal por suplementos, encher a geladeira de iogurte light sem lactose e sem gordura e pão sem glúten e não comer nenhuma fruta. Saúde para mim é comer comida de verdade! Queria muuuuuuuuuuito conseguir comer arroz e feijão todo dia, mas como eu já disse no post anterior, não consigo preparar todos os dias! 
4) Qualquer dúvida, comentem!!!!
 Café da manhã (07:30) : duas torradas (feitas na hora) de pão de forma branco + creme de ricota + leite semidesnatado com 1 colher de sopa de nescau.
– Pão branco ao invés de integral?: só gosto de pão integral frio e no sanduíche natural #manias. Aqui em São Paulo está frio, e de manhã quero comer um pãozinho com leite quentes.
– Leite??? Leite semidesnatado ao invés de desnatado?: AMO leite. Tomo o semidesnatado porque o integral não me faz muito bem (já tomei muito leite integral e diminuí) e não gosto muito do desnatado. Na verdade tenho fases de leite… tem época que tomo integral, outras desnatado, outras sem lactose… isso é assunto pra um outro post.

No meio da manhã, as 10:30, maçã! “An apple a day keeps the doctor away”. Esses lanchinhos entre as grandes refeições são MUITO importantes. Sou de fases, e estou numa fase maçã/pêra/mexerica. Chego no trabalho, coloco na geladeira (gosto de fruta gelada!) e como na hora do lanche. Excelente!

Na hora do almoço (13:30), tomei uma sopa de quinoa com vegetais. Como disse, está bem friozinho por aqui. No meu trabalho, temos fogão. Então trago os legumes picados, a quinoa já separada na quantidade certa (essa quinoa é mista, por isso é colorida) e coloco para cozinhar. É bem simples: refogo os vegetais no azeite e no alho, adiciono água. Quando estão quase cozidos, coloco a quinoa e mais água. Pra finalizar, um pouco de cúrcuma (pra dar uma corzinha), 1 pitada de sal e pimenta tabasco. Esqueci de tirar foto da sopa pronta, mas foi uma quantidade generosa, e fico ótima!

No lanche da tarde (16:30), mais frutas. Tenho percebido que as pessoas estão se esquecendo de comer frutas. Só tomam iogurtes e sucos industrializados. Comprei essa mexerica ontem, coloquei na geladeira do trabalho e fiz meu lanche da tarde.

No segundo lanche da tarde (18:30/19:00) comi 1 pote de iogurte natural taeq com aveia (orgânica, da mãe terra). O iogurte natural não é a melhor coisa do mundo, mas com a aveia dá pra comer tranqüilamente. (Isso foi logo antes de pedalar).
No jantar (ou lanche da noite), depois da bike, tomei esse creme de abóbora com gengibre e torrada de pão de forma com azeite – feito na hora! Hoje testamos algumas receitas no meu trabalho, e essa foi uma delas. Trouxe para casa, pois assim nem precisava preparar, e ficou uma delícia! O pão pra complementar… e atenção: não é o horário que você come carboidrato que engorda, e sim a quantidade! 
Essa foi a minha alimentação de hoje! Não passei fome, estou satisfeitíssima, e feliz! Amanhã tem mais!
Beijos