12 metas para 2014

10 de janeiro de 2014

Receita: bifum com frango e legumes

10 de janeiro de 2014

Engordando com auto sabotagem

10 de janeiro de 2014
empty image
empty image
Com alguns anos atendendo pacientes com várias dificuldades para emagrecer, resolvi escrever esse post.
Muitas pessoas, MUITAS MESMO, querem perder peso. Mas pouquíssimas querem ter a paciência de seguir um plano alimentar, mudar de vida, ou procurar um nutricionista. E algumas vezes – na verdade, grande parte das vezes – as pessoas se auto sabotam, e ‘sem querer’ não alcançam os objetivos.
Por isso vou citar algumas situações que sempre vejo acontecendo, e quero que você, que está aí procurando perder os quilos extras, veja se rola uma identificação.
Auto sabotagem clássica: marcar o nutricionista e nunca aparecer / pedir o telefone da nutricionista para o amigo e nunca ligar
Sintoma: marcar a consulta e desmarcar porque choveu, porque está muito quente, porque quer emagrecer um pouco antes de consultar com o nutricionista, porque já sabe tudo o que o nutricionista vai falar (essa é super clássica), porque a nutricionista vai mandar comer salada, porque vai esperar começar a academia, porque estou atolado de trabalho, porque tive uma reunião/encontro/velório/aniversário de última hora, porque o cachorro comeu o talão de cheque, porque eu já fiz vigilantes do peso e sei como é. Não marcar a consulta porque meu amigo me deu o telefone da nutricionista mas nunca tenho tempo de ligar, porque vou esperar o carnaval, porque vou esperar a páscoa, e por aí vai.

 

Essas desculpas são conhecidas mundialmente pelos nutricionistas, e a gente sabe que isso não passa de auto sabotagem. São desculpas dadas por todo tipo de paciente para evitar o encontro com o profissional que pode te ajudar a mudar de vida. Eu entendo que algumas pessoas tem algum ‘trauma’ de programas de emagrecimento e fico muito sentida com isso… Mas saibam que nem todo nutricionista é igual. Os bons entendem todos os anseios, e procuram trabalhar de uma forma que o paciente tenha uma maleabilidade nas escolhas, aprendendo a comer para perder peso e manter o resto da vida, e não pra secar e depois engordar tudo de novo…
Tratamento: marcar a consulta e ir com vontade de mudar, por mais difícil que isso possa parecer.
Auto sabotagem secundária: ir ao nutricionista e esquecer o significado da palavra  ‘sinceridade’ ou ter vergonha de contar a verdade da alimentação.
Sintoma clássico: ir ao nutricionista e contar uma alimentação perfeita, como se fosse sua. “Ah Doutora, eu como super bem. Tomo nada de refrigerante, como muita fruta e bastante salada. Leite só desnatado. Pão só integral. Não sei o que é fritura. Fim de semana só tomo uma cervejinha de leve”.

Esse discurso é tão corriqueiro no dia a dia dos nutricionistas, que a maioria tem vários truques para ‘pegar’ as omissões. A questão é: um bom nutricionista tentará adequar sua alimentação com o que você come, para que não seja uma mudança muito drástica e rápida – assim você irá se adaptando lentamente, sem sofrer tanto. Quão mais próxima a sua descrição da realidade, melhor. Lembrem-se sempre disso! E não tenham vergonha! O nutricionista está lá para te ajudar, e não para te julgar. Se você for disciplinado e o nutricionista for bom, dá até pra encaixar alguns ‘deslizes’ na dieta. Mas se você contar que tem uma alimentação perfeita ‘mas não sabe porque engorda’, realmente fica mais difícil de ajudar!

Tratamento: ser sincero com o nutricionista. Sugiro que anotem 2 ou 3 dias de uma alimentação, ou uma lista de pontos fortes e pontos fracos e leve para o nutri. Se tiver lista de supermercado também – assim dá pra visualizar o ‘naipe’ da alimentação.
Auto sabotagem terciária: achar que olhar pra nutricionista emagrece / achar que matricular na academia tmabém
Sintoma clássico: Ir ao nutricionista, fala tudo o que come, recebe o plano alimentar e não faz nada. Essas pessoas, geralmente, se inscrevem na academia mas nunca aparecem. Será que você pensa que só visitar o nutricionista e fazer matrícula na academia emagrece?
Não adianta. Se não seguir o tratamento e não comparecer na academia, não adianta mesmo. Na verdade, você perde algo sim: dinheiro.

 

Tratamento: seguir o tratamento e ir a academia regularmente! Simples assim
Auto sabotagem final: fazer 1 semana de dieta e esquecer depois.
Sintoma clássico: a primeira semana é perfeita, comendo de 3 em 3 horas, bebendo muita água, comendo fruta, grãos integrais. Na segunda semana, já está tudo modificado, e a pessoa finge que não está vendo.
Isso é tão comum, tão comum, que vocês não acreditam. E tenho até um pouco de peninha, porque geralmente a culpa cai na nutricionista. “Ela não era boa”. Claro que existem dietas muito restritivas (vocês sabem que sou contra) e realmente tem uma dificuldade. Mas penso que, se você aceitou aquilo no momento, porque não seguir? Se não achou legal, converse com sua nutri. Com certeza ela fará o melhor para você!
Tratamento: seguir a dieta, fazer perguntas, questionar, voltar nos retornos.Esses são alguns dos sintomas clássicos de auto sabotagem. Veja se você não se encaixa em uma delas. Coloque os pés no chão e observe qual a verdadeira dificuldade de perder peso. Não é uma tarefa fácil, eu sei disso, todo mundo sabe disso. Mas não é impossível. Com ajuda profissional e disciplina, todo mundo chega lá! :)

Até a próxima!

Beijos,

Marina