Vou contar sobre o arroz…

23 de abril de 2013

Vou contar sobre…. Whey Protein

23 de abril de 2013

Não conto calorias… mas conto histórias!

23 de abril de 2013
empty image
empty image
A história de hoje é sobre a Marcinha. Uma queridíssima, que enfrentou um câncer de mama há pouco tempo.
Achei interessante que ela contasse a história. Marcinha passou pelo processo de quimioterapia, fez uma mastectomia (que é a retirada da mama) e conseguiu enxergar a importância da vida e da saúde, acima de tudo. Venceu as barreiras da vaidade (perdeu cabelo, mama). E assim enxergou o verdadeiro valor da vida..
Me questiono muito sobre a ditadura da beleza, as loucas dietas da moda, a troca da comida por suplementação muitas vezes desnecessária… É muito legal ter vaidade, querer ficar linda, com um corpo nota 10. Mas até onde vale nossa saúde? Será que realmente o que fazemos por estética não vai nos cobrar a longo prazo? Será que vale um sacrifício exagerado assim?
Vejo meninas novas, bonitas, cheias de saúde se iludindo, trocando o prazer da comida por suplementos, dietas super restritivas e horas de academia em troco apenas de um bumbum durinho, ou uma barriga cheia de gominhos.
Sou super a favor de uma alimentação saudável, de atividade física, de estar se sentindo bem. Desde que tudo seja feito com EQUILÍBRIO.
Lendo a história da Marcinha, continua a minha reflexão: Qual o limite entre vaidade e felicidade?
Essa é a Marcinha! E sua filha fofinha, a Rafa
“Não conto calorias, mas em compensação, mudei completamente minha alimentação. Sou apaixonada por doces, chocolates, hum… mas, amo muito mais minha saúde. Posso afirmar, que nem sempre foi assim…
 
Há oito meses atrás, fui diagnosticada com câncer de mama e durante esse período, aprendi que não é preciso deixar a doença passar pra viver.
 
No início tive a ajuda de uma nutricionista, uma santa ajuda. Ela me indicou um suco verde, passei a tomar o suco todos os dias no começo do tratamento. Além disso me passou uma dieta  muito rica em vitaminas. Na teoria, tudo é lindo e funciona, porém, o tempo foi passando e a cada quimioterapia, parecia que eu tomava “um tiro de canhão”. Passei a não sentir mais o paladar, e junto foi o meu apetite.
 
É muito importante durante um tratamento oncológico, ter uma boa alimentação, mas… eu comia muito pouco e comecei a ingerir somente o que eu dava conta, tive crises de estomatite constantes, o suco verde foi reduzido a um suco de couve com laranja e era isso que me dava energia pra enfrentar a doença e viver.
 
Com a ajuda dos amigos e da família, fui motivada, e o que parecia ser a morte passou a fazer parte da minha rotina. Fui aprendendo a ser feliz sem ter que esperar o tempo passar.
 
Em janeiro, fui submetida a uma mastectomia radical, retirei a mama direita: uma cirurgia bastante dolorosa, que mexe com tudo, principalmente com a auto-estima. 
 
Quando recebi o resultado da biopsia e me vi sem rastros do câncer, minha “ficha caiu”e pude perceber que um peito não é nada perto da possibilidade de ser livre, ver meus cabelos novamente, poder sair com os amigos, sentir o gosto da comida.
 
Passei uma semana comendo chocolate, tomando refrigerantes, batata frita, comida mineira, uma orgia alimentar! Eu merecia! Voltei na nutricionista e comecei uma nova dieta, bastante equilibrada, com muita fibra e vitaminas.
 
Desde que o tratamento terminou, perdi 5 quilos de puro inchaço. A nova dieta me trouxe vigor e disposição. Eu estava me sentindo muito cansada e ainda não podia fazer atividade física.  Hoje faço fisioterapia pra voltar os movimentos do braço direito, me alimento bem, voltei ao trabalho, brinco todas as noites com minha filha que é um anjo, namoro meu marido, curto minha família e meus amigos, vivo bem e como chocolate.
 
Se eu pudesse dar um conselho as mulheres, diria que elas devem fazer a mamografia. Quando descobrimos o câncer pelo auto-exame, pode ser tarde. O ideal é visitar o ginecologista semestralmente e fazer o controle por meio de exames de ultrasom.”
A Marcinha também tem um blog fofo! Quem quiser conhecer, é http://blogparamotivar.me/ .
Marcinha, a você o meu muito obrigada! :)
Boa terça!
Beijos,
Marina

Em tempo…

Esse vídeo da Dove, na campanha pela real beleza, se relaciona muito bem com essa reflexão e história de vida!

http://www.youtube.com/watch?v=Il0nz0LHbcM&list=PL4EgVC0IdJFI8xhxR1V4yVXFln_3mhqtx&index=6