Desafio Pampulha

4 de janeiro de 2016

Doce, doce, doce… A vida é um doce!

4 de janeiro de 2016

O que você pode fazer por 2016

4 de janeiro de 2016
empty image
empty image

No final do ano postei algumas fotos no instagram do blog  sugerindo que o ano de 2016 viria com 365 novas oportunidades para melhorar e mudar em vários aspectos

A todo mundo que me avisou que 2016 é ano bissexto, então são 366 novas oportunidades: obrigada! Mas como todo ano tem 365 dias – e a idéia não é mudar/melhorar somente em 2016 – achei melhor colocar assim!

NOVASOPORTUNIDADES

E todo começo de ano é a mesma história: esse ano vou fazer dieta, esse ano vou emagrecer, esse ano vou fazer exercício físico… Mas o que DE FATO você pode fazer por 2016 e ele pode fazer por você? Aqui vão algumas reflexões para você começar a organizar seu ano da melhor maneira possível.

-Porque o básico (beber água, comer mais fibras, escolher alimentos mais naturais) todo mundo já sabe…-

Faça de 2016 o início de uma transformação, e não apenas uma mudança

Mudar é legal, mas se transformar é melhor ainda. Sabe aquela história ‘não pode perder peso, porque se você perder você encontra depois?’ Pois é… Não adianta se prometer fazer tudo e mais um pouco em 2016 mas quando chegar em 2017 (as vezes nem chegamos lá) você deixar tudo de lado. Por isso, vá com calma. Você tem 12 meses para isso. Se transforme para não precisar fazer as mesmas promessas nos próximos anos.

MUDANÇAS

Sempre procure um profissional

Pessoas diferentes tem maneiras diferentes de encarar mudanças nos hábitos alimentares – e por isso dietas prontas não são solução. O bom nutricionista tem a capacidade de escolher qual a melhor maneira para você alcançar seu objetivo – seja através de cardápio, plano alimentar, orientação… O mais importnte é que seja individualizado e respeite seus anseios!

– E muitas vezes o acompanhamento médico – e até terapêutico – pode se fazer necessário. Abra sua mente para as ajudas que a ciência disponibiliza. Ela é mais forte do que o site de buscas que você usa para tirar dúvidas :)

Trace metas

Por muito tempo eu ‘desprezei’ as metas. Sempre achei que meta era uma forma de pressão, e pressão vai contra tudo que eu acredito. Porém a gente muda nossa cabeça – ainda bem!-  e comecei a observar que com um objetivo final, nossa tendência é caminhar melhor pelo caminho a percorrer.

E nem sempre o peso é uma meta. Por isso a ajuda profissional – que falei aí em cima – é tão importante! As vezes precisamos perder gordura – e aumentar a massa magra. Assim, a balança não apontará diferença. Outras vezes, o peso total é importante. Cada caso é um caso.

PESO

Independente de qual é o seu caso, trace metas! Sejam elas baseadas em números, percentuais ou somente mudanças não mensuráveis!

Preocupe-se mais com sua organização

Sempre digo: alimentação saudável é uma questão de logística. Temos mil e uma receitas legais e saudáveis na internet, mas será que você tem tempo para preparar todas? E se você conta com alguém que cozinha, será que tem disponibilidade para explicar direitinho, ou para montar um cardápio com essas receitas?

Organizar a alimentação dá trabalho: teoms que pensar nas listas de compras, na higienização, no tempo de preparo de cada receita, no armazenamento… e por aí vai!

– Quando vivemos em família/amigos, trabalho dobrado: provavelmente será necessário conciliar com os hábitos alheios –

Além disso, a organização é essencial para ‘fugir’ das tentações. Se você leva seu lanchinho da tarde, talvez evite a coxinha com refrigerante da padaria ao lado… Mas para lembrar todos os dias do lanchinho, precisamos da bendita logística – e para isso é necessário se organizar.

lanchessemana

Observe-se mais, compare-se menos

Não sei de onde surgiu essa mania de se comparar, mas tenho certeza que a internet e as redes sociais tem piorado isso – e muito. Acho super legal quando a gente está se sentindo bem, feliz, bonita (o) e queremos postar uma foto pra mostrar isso pra todo mundo (felicidade é bom, e a gente agradece). Mas lembrem-se sempre que aquilo ali mostrado é só uma cena, não é o todo da pessoa. O mesmo serve para o corpo humano: se inspirar muitas vezes é inevitável (seja em corpos ou em histórias) mas olhar para si deve estar em primeiro lugar. Muita gente que quer modificar a estética chega no consultório e não consegue ver as mudanças, reclama e diz “todo mundo fala que eu emagreci, mas eu não consigo observar isso!”. Acreditem ou não, acontece com mais frequência do que a gente imagina. Alguns casos podem apontar para transtornos alimentares, mas em outros é a péssima mania que temos de nos observar menos, da falta de ‘auto desejo’… O início de qualquer mudança vem da nossa percepção sobre nossos erros e acertos – é assim nos comportamentos diários, porque não seria no nosso físico?

espelho

Mexa-se

Ano passado eu narrei a minha saga com a corrida (é só procurar o #desafiopampulha aqui do lado direito). Eu nunca havia feito nenhuma atividade física séria, e comecei a correr. Não posso dizer que me apaixonei de cara e que foi tudo lindo e maravilhoso o tempo inteiro, porque estaria mentindo… mas eu me encontrei. Descobri que preciso de um objetivo (lembram da meta?) e ano passado foram os 18km da Pampulha. Esse ano serão duas meias maratonas (uma no asfalto, e outra na montanha)… Mas essa sou eu.

Cada pessoa gosta de um esporte, e com certeza você tem algum que se encaixa na rotina e na sua preferência. Não se engane achando que vai acordar todo dia super feliz para fazer exercício, os dias chatos e preguiçosos aparecerão. O segredo é romper essa barreira e ir mesmo assim.

Você também não precisa se matar de malhar, existe a opção de iniciar gradualmente… O importante mesmo é procurar um profissional sério e iniciar os trabalhos. Garanto que com disciplina, organização e força de vontade você será um praticante de atividade física inveterado! Alguns estudos demonstram que 12 semanas se exercitando regularmente (ou seja, 3 meses) são suficientes para incorporar a atividade na sua vida: ou seja, apenas 1/4 do ano!

Espero que tenham gostado, e prometo encher o blog de informação em 2016. Ano passado eu não cumpri minhas metas de dar mais atenção para ele, então em 2016 eu farei o dobro do que deveria ter feito! Sempre dá tempo de correr atrás, basta calma, paciência, perseverança e alegria!

Um 2016 recheado de saúde, paz e muito amor pra todo mundo! Que seja um ‘unstoppable* 2016′

Beijos!

*unstoppable = imparável