Vou contar sobre os agrotóxicos

24 de março de 2014

Omelete com gema, por favor!

24 de março de 2014

Vou contar sobre o queijo!

24 de março de 2014
empty image
empty image

Tem muita gente que adora queijo… Eu, como boa mineira, não dispenso um queijinho de boa qualidade. E acho que a maioria das pessoas também gosta! Mas vira e mexe vejo todo muita gente cometendo alguns erros ‘típicos’, principalmente ao se falar de queijos e emagrecimento.

A falha clássica e trocar qualquer queijo pela mussarela de búfala, acreditando que está fazendo uma substituição ‘light’… Más notícias… a mussarela de búfala quase empata com a mussarela tradicional no quesito calorias e quantidade de gorduras!!! Se você é daquelas pessoas que faz um pratão lindo de salada para comer com um grelhado, mas aproveita para exagerar na mussarela de búfala achando que ‘não engorda’, fique mais atento!

Claro que nada deve ser levado a ferro e fogo: se utilizada com ‘parcimônia’, a mussarela de búfala não deixa de ser um bom complemento ou alimento. Só não vale achar que está fazendo uma economia na sua ingestão calórica :) 

Abaixo, um ‘inforgráfico’ com informações visuais sobre os queijos!

Imagem

 

Os queijos mussarela e mussarela de búfala são os mais ricos em gorduras, calorias e proteínas; enquanto a ricota e o cottage tem os valores mais baixos.

Para saber quanto e como consumir, é importantíssimo que você converse com sua nutricionista. Ela saberá indicar os melhores queijos nas diversas situações :)

Imagem

 

Algumas exigências da lei brasileira impediam a comercialização de queijos artesanais fora dos seus estados de origem. Essa lei antiga (1950) e antiquada, somada a alta da gastronomia brasileira – que cada vez valoriza mais os produtos locais – deu início a uma grande ‘rede de contrabando’ de queijos artesanais.  

Mas agora as regras mudaram, e se os queijos analisados passarem por aprovação (quanto a qualidade sanitária) os orgãos estaduais competentes, eles podem ser comercializados em outros estados além do original.

O que pra mim é ótimo…

Aqui em São Paulo eu sofro para achar um queijo realmente bom. No supermercado dá até vontade de chorar! #dramaqueen 

Mas existem algumas opções deliciosas de queijos! ‘A Queijaria’ (Vila Madalena) e o ‘Mestre Queijeiro’ (Pinheiros) são bons lugares para se comprar queijos deliciosos. Em ambos lugares você pode encontrar os queijos de minas e queijos produzidos em São Paulo (ou outros estados) tão bons quanto os mineiros :)

Já provei o queijo Salitre da ‘A queijaria’ no ‘Cateto’ (um barzinho muuuuuito legal na Mooca) e super aprovei! – aliás, vale a visita ao Cateto, tanto para quem gosta de queijos e embutidos, quanto de cerveja o/.

Imagem

E você, gosta de qual queijo?

No dia a dia eu prefiro dar uma pisada no freio e consumir queijos mais leves, como o cottage e a ricota. Mas não dispenso um queijinho branco temperado com pimenta do reino aos finais de semana… Aliás, para quem não gosta de cottage mas precisa ‘entrar na linha’ na hora de perder peso, essa dica é super válida: temperá-lo! Eu sempre coloco pimenta calabresa, alecrim, manjericão, orégano… vai de acordo com a minha vontade e criatividade. Já o creme de ricota eu acho que super combina com abobrinha. 

Lembrando que o queijo é uma ótima fonte de Cálcio e vitamina D. 

Agora me dêem licença que vou comer meu ‘queijim com cafézim’, bem a moda mineira!

Beijos,

Marina