A logística da alimentação

Quando falamos em trabalhar e avaliar nosso comportamento alimentar, estamos falando das nossas ansiedades. 

E claro, algumas ansiedades não são facilmente trabalhadas e resolvidas: além da ajuda nutricional, precisamos de ajuda terapêutica e, algumas vezes, de ajuda medicamentosa. 

Mas existem ansiedades do dia a dia comuns a todos nós. A ansiedade pelo dia seguinte no trabalho, a ansiedade em saber se vai dar conta de realizar tudo, e a ansiedade pra deixar a alimentação funcionando no meio desse caos que vivemos. 

A maioria das pessoas sabe o que tem que comer para ter uma vida mais saudável ou alcançar um objetivo. Claro que nós, nutricionistas, podemos e devemos dar conselhos e sugestões para melhorar. Mas a base forte, o alicerce, todo mundo sabe. 

E porque não colocamos em prática?

Por diversos motivos. Mas o principal, é por causa da organização. Não colocamos a nossa alimentação dentro da nossa vida, e ficamos tentando colocar nossa vida ao redor da alimentação. 

A duras penas eu aprendi e criei meu método próprio de me organizar, mas até chegar aí passei por vários gadgets, técnicas e pesquisas. Decidi compartilhar algumas com vocês, com a intenção de ajudá-los na organização semanal!

PLANNER.jpg

1. Planejamento de cardápio

Planejar o cardápio semanal é o pulo do gato para uma alimentação equilibrada. Para quem está querendo perder peso então, é essencial. E não precisa ser um cardápio super elaborado! Só de escrever numa folha de papel as refeições principais, onde elas serão feitas e o que você precisa ter para fazê-las (lista de compras, dinheiro, companhia, etc) você já reduz a ansiedade de ficar pensando "o que eu vou comer hoje?!"

 

2. Lista de tarefas

Tentar comer mais comida caseira é um dos grandes segredos. Mas o tempo as vezes não deixa. Já pensou então em fazer uma lista de tarefas, e distribuir durante os dias da semana? Vá riscando uma por uma. A sensação de dever cumprido faz com que você siga suas tarefas de maneira mais efetiva. As vezes estamos com pouco tempo para cozinhar porque deixamos para depois aquela roupa para pegar na costureira, ou trocar o tênis que ganhamos de presente. Mas se nossas tarefas cotidianas estiverem em dia, sobra tempo para tudo. Eu gosto muito de dois aplicativos: Google Keep e Evernote, apesar da velha e boa listinha TO DO no caderno ser minha melhor amiga!

3. Segunda Feira programada

Começar a segunda feira com tudo esquematizado aumenta as chances de sucesso durante a semana. Começar o dia mais difícil da melhor maneira dá um gás pra continuar. Começar sem nada organizado já possibilita o discurso "já comecei errado mesmo...". Lógico que você pode sempre melhorar, e cada dia é uma nova oportunidade de fazer e acontecer. Mas começar a semana bem é contagiante. Deixe as verduras lavadas e separadas no final de semana, programe bem sua segunda feira, cozinhe no sábado e faça porções congeladas... há tantas maneiras fáceis e práticas de começar!

4. Tomates ao seu favor

pomodoro.jpg

Para dar conta de tantas tarefas, existem várias técnicas. Eu gosto muito da técnica pomodoro, e sempre sugiro esta como uma iniciação na vida mais organizada. Essa técnica funciona assim: você deve fazer uma lista de tarefas (sendo bem específico em cada uma delas). Depois, você escolhe uma tarefa e foca por 25 minutos nessa tarefa. Depois de 25 minutos, faça uma pausa de 5 minutos (independente de ter ou não terminado a tarefa). Esse ciclo 25 minutos + 5 minutos é igual a 1 pomodoro.

A cada 4 pomodoros, você faz uma pausa maior, de 30 minutos.

Essa técnica é super legal, porque te ensina a administrar os 'lembretes mentais' que surgem no meio da tarefa. Ex: enquanto escrevo esse texto, lembrei que tenho que mandar um e-mail e me surgiu outra idéia de texto. São tarefas que posso fazer depois, então escrevo na lista e continuo essa tarefa aqui, de escrever o post. Planejar e Terminar tarefas são maneiras muito boas de reduzir nosso nível de ansiedade. Existe até um site e vários apps para fazer a contagem desse tempo (basta digitar na sua store: pomodoro technique).

5. Menos tempo no celular

disconect.jpg

O grande ladrão de tempo do século: celular. A gente perde horas salvando idéias de receitas por aí, mas já perceberam que nunca executamos nenhuma? Pura falta de tempo. E esse aí, nós perdemos olhando para a tela iluminada do nosso smartphone. Quer ajuda pra depender menos dele? Existe um aplicativo ótimo, chamado Moment. Ele mostra quanto tempo você fica no celular, diariamente, dando os comparativos dia após dia. No começo, é assustador: percebemos que ficamos muito mais tempo que imaginamos. Depois, fica desafiador. Você pensa antes de pegar para fazer qualquer coisa e acaba matando menos tempo.

6. Vá com calma

Você não é perfeito, muito menos a sua vida. Vá com calma. Estabeleça pequenas metas de organização. Comece como que você sabe que vai conseguir, sem enormes desafios. Isso não é ser acomodado ou preguiçoso: é trabalhar com vida real. Incorporou as pequenas metas? Passe para as próximas. As chances de frustração diminuem, e seu sucesso só aumenta!

Organizando seu dia a dia, vai sobrar tempo pra logística da alimentação ter seu início - e sucesso! Alguém tem alguma técnica ou dica? São sempre bem-vindas!

Até a próxima,

Marina