Postagens em Para Nutricionista
Agenda

Montar uma agenda de consultório não é tarefa fácil. Assim que começamos a atender, esperamos ansiosos pelos pacientes. Disponibilizamos uma variada gama de horário, caímos (ou quase) em tentações de chamadas do tipo ‘como lotar sua agenda em poucos passos’, sofremos ao ver um dia desocupado. Todo mundo passa por isso.

Com o tempo, percebemos que essa ansiedade é por algo que não conseguimos controlar e que, por mais que a gente se esforça, as coisas não fluem na velocidade que gostaríamos. Portanto, algumas coisas que aprendi - e venho aprendendo! - são muito importantes. Vou pontuá-las aqui nesse post:

Leia Mais
Começando o Consultório

Me lembro até hoje quando fui atender meu primeiro paciente. Antes mesmo de tem um consultório, fui até a casa dele. Em BH, na Rua do Ouro. Um amigo me recomendou e lá fui eu, com balança, fita métrica, papel e caneta embaixo do braço. Tinha 23 anos e nunca tinha atendido ninguém - com exceção dos estágios obrigatórios.

Estava com medo? Claro. Me preparei pro momento? Muito! Fiz uma extensa ficha de anamnese. Também não tinha receituário, então fiz um no computador, imprimi e fui.

Leia Mais
Máscara de Oxigênio

Ao entrar num avião, você provavelmente irá escutar (ou ler) as normas de segurança do vôo. E até quem nunca voou conhece a famosa frase ‘em caso de despressurização da cabine, máscaras de oxigênio cairão sobre as suas cabeças'. E logo depois desse anúncio, o aviso: ‘coloque a máscara primeiro em você, e depois em quem está do seu lado.’

Essa advertência é muito usada para mostrar o quão importante é se cuidar para depois cuidar do próximo. E na área da saúde (principalmente mental), essa afirmação faz total sentido.

Mas de alguma maneira, o mundo da nutrição parece se esquecer disso. Talvez porque nós nutricionistas ainda somos vistos como exemplo estético e o auto cuidado ainda está muito vinculado ao peso. Ou seja: se você estiver magro, sinal que está se cuidando e apto a cuidar de outro - ignorando o fato da nossa classe ser grupo de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares.

Nos dias atuais isso significa que se você é magra(o) - e faz questão de mostrar isso para o mundo e expõe sua alimentação perfeita e clean diariamente para o instagram, você está se cuidando (e prontíssima(o) para cuidar do outro).

Mas a verdade é outra…

Leia Mais