Receita: Leite de Coco

Receita: Leite de Coco

Um dos meus pratos preferidos é moqueca. Amo com todas as minhas forças. E não me venha com moqueca sem dendê não, eu gosto é daquele cheirinho delícia que traz a Bahia pra perto de casa.

Mas pra mim moqueca tem que ter um leite de coco bom. E leite de coco de garrafinha pode ser prático, mas não é a mesma coisa que o leite de coco real oficial, aquele feito com o coco fresco e ralado. Desde que fiz a primeira vez, foi difícil ter que ceder ao leite de coco artificial.

Dá pra fazer leite de coco pra moqueca, pra bater com gelo, mel e hortelã e tomar geladinho e até fazer um drink com cachaça a e muito gelo pra tomar no verão, enquanto a comida não fica pronta.

Read More

PÕE NO COPO: CUSCUZ MARROQUINO

PÕE NO COPO: CUSCUZ MARROQUINO

Cuscuz marroquino é o must have dos armários de quem gosta de comida prática. Fácil de cozinhar e versátil, ele é gostoso, alimenta e agrada vários tipos de paladar. Feito de sêmola de trigo duro, o cuscuz marroquino é diferente daquele cuscuz paulista. São pequenos grãos de sêmola que, quando hidratados, aumentam de tamanho e formam pratos lindos.

Read More

PÕE NO COPO: ARROZ

PÕE NO COPO: ARROZ

O arroz vive na mesa do brasileiro há muito tempo. No livro “a culinária caipira da Paulistânia", Carlos Alberto Dória informa que o arroz chegou primeiro a Bahia, em 1530, e depois a São Vicente, por volta de 1550 - provavelmente introduzido no Brasil, como cultivo, via Cabo Verde.

Independente de como ele veio parar aqui, o fato é que o arroz não falta na mesa do brasileiro. Até um tempo atrás comia-se só arroz branco, até que o integral foi tomando conta da nossa mesa, e hoje encontramos vários tipos em supermercados comuns.

Read More

Põe no Copo: Macarrão (Penne)

Põe no Copo: Macarrão (Penne)

Na primeira série de posts do #PõeNoCopo eu decidi começar pelo Macarrão, pelo simples fato de ser um alimento prático, fácil e que agrada todo mundo, mas que também carrega a culpa e quem acha que é um vilão.

Antes de começar a falar da quantidade do macarrão e dar uma receita que agrada muita gente - e serve de solução pra quem quer levar comida para o trabalho - acho legal dar algumas dicas pra hora de cozinhar o macarrão.

Read More

Põe No Copo!

Dentre as dificuldades de quem quer se aventurar na cozinha está a quantidade de cada ingrediente na hora de preparar.

Deixar comida sobrando na panela é a receita pronta pra comer além da fome. Não queremos jogar fora e então comemos. E uma das maneiras de evitar esse mecanismo é cozinhando a quantidade exata.

E COMO SABER A QUANTIDADE?

poenocopo.jpg

Balança na cozinha pode ser uma grande amiga, mas uma perversa inimiga. Para quem não tem dificuldade em respeitar a fome/vontade de comer além dos números, ela pode ajudar a nos orientar nas quantidades. Porém, para quem ainda conta calorias ou vive em função de números, a balança pode ser cruel. Já imaginou se um dia você está com mais fome e se obriga a comer somente aquela quantidade média? Vai continuar com fome, mas preso na idéia de ter que comer somente o recomendado: ou seja, você vai ignorar seus sinais físicos em prol do número no visor.

Apesar da balança ter esse ponto ambíguo (pode fortalecer ou destruir), quantidades são bem vindas para nos dar uma idéia na hora de cozinhar, e assim preparar mais ou menos de acordo com a nossa fome.

Afim de ajudar quem quer aprender sem ficar escravo de mais uma balança, preparei uma série de posts com alimentos comuns no nosso dia a dia e medidas recomendadas em copo americano: penne, arroz, macarrão ave maria, cuscuz marroquino, grão de bico, quinoa, risotto, lentilha, feijão e outros estarão por aqui semanalmente, com dicas e receitas.

Mas antes disso, pra você já ir treinando, sugiro algumas observações para a hora de cozinhar:

  • Panelas grandes cozinham mais comida. Se você vive exagerando na quantidade, considere utilizar panelas menores;

  • Pense na receita como um todo, e não só no ingrediente. As medidas dos ingredientes que estarão aqui são orientações para um prato principal, mas podem ser usados para entradas, por exemplo;

  • Na hora de servir, deixe a panela na mesa! Se servir diretamente na panela pode reduzir até 19% do seu consumo alimentar;

  • Respeite sua fome SEMPRE. Quantidades dão uma direcionada, mas isso não quer dizer que são referências engessadas!

Na quarta feira sobe a primeira medida: penne. E com receita fácil!

Espero que gostem!

Até a próxima,

Marina