Macarrão de domingo!

27 de junho de 2013

Vou contar sobre o Goji Berry!

27 de junho de 2013

Vou contar sobre o café!

27 de junho de 2013
empty image
empty image
(Já vou avisando que o post é grande, mas tentei fazer da forma mais completa possível!)
 
Muita gente não vive sem aquele cafezinho. Outros condenam, ou simplesmente não toleram o cheiro. Alguns não tomam porque ‘vicia’, tira o sono. E alguns começaram a tomar pela promessa da perda de peso. Mas em qual informação confiar?
 
Aqui nesse post, elaboro uma lista de verdades e mentiras sobre o café!
 
 
Café ajuda a emagrecer – MITO: nesse ‘boom’ de culto ao corpo, tenho lido em diversos locais que o café é termogênico,  que ajuda a emagrecer, que ‘queima a gordura armazenada’, entre outras informações. Porém não existem estudos conclusivos sobre esse efeito do café. Por incrível que pareça se há um efeito termogênico do café, ele é mais observado em indivíduos não obesos do que em obesos, e para ‘queimar’ apenas 100 kcal é necessário tomar 6 xícaras de café!!! 
 
 
Café é bom para quem faz atividade física – VERDADE: Aí vai a boa notícia: a cafeína já foi atribuída, por diversos estudos, a um aumento do desempenho em atividades de resistência e força, além de dar aquele gás para atividades aeróbicas.
 
Café tira o sono – VERDADE: Não só o café, mas qualquer alimento que tem cafeína, mas tudo depende da quantidade ingerida, e da sensibilidade do corpo a esta substância. A cafeína faz o corpo ficar mais alerta, aumenta a capacidade de concentração, a vigilância auditiva, aumenta o tempo de retenção visual. Ou seja: se você estiver extremamente cansado e com sono, pode ser que uma dose de café auxilie. Nessa reportagem da superinteressante, (que é antiga, mas muito bacana), você pode ler mais: http://super.abril.com.br/alimentacao/base-cafeina-447604.shtml
 
 
Café causa ansiedade – MITO: em diversos estudos o consumo de cafeína foi relacionado ao aumento da ansiedade apenas em indivíduos naturalmente ansiosos ou que sofrem de algum distúrbio ou transtorno relacionado a ansiedade. Inclusive para muitos o café relaxa. A verdade a relação café e ansiedade envolve aquela questão: A pessoa é ansiosa porque toma café ou toma café porque é ansiosa?
 
Café causa dependência – DEPENDE: Não podemos generalizar. A maior parte da população mantém a ingestão de café a um nível constante durante toda a vida. Mas alguns subgrupos são mais afetados pela dependência a cafeína. Um exemplo são ex-dependentes químicos. 
 
E existe o ‘cafeinismo’, que é uma síndrome causada pelo excesso de cafeína. Hoje em dia, vejo um exagero do consumo de cafeína. Pessoas substituem água por coca-cola, tomam bebidas energéticas de maneira indiscriminada, e utilizam suplemento a base de cafeína (cápsulas, por exemplo) para praticar atividades físicas sem orientação. Isso pode gerar o cafeinismo, que tem dentre vários sintomas, o aumento da frequência cardíaca, agitação e ansiedade extrema.

 

O café alivia dores de cabeça e enxaquecas – VERDADE: vários estudos tem relacionado o consumo moderado de café a melhora de sintomas de enxaqueca e dores de cabeça.
 
O café causa azia e sintomas gástricos – VERDADE: o café pode causar sim a azia, a piora dos sintomas de gastrite ou dos indivíduos que tem outros problemas gástricos e intestinais. Porém já foi observado que a cafeína não é a causadora, já que os cafés descafeinados também causam estes sintomas. Outra substância presente no café que tem relação com os sintomas gástricos. Inclusive já existem os stomach-friendly coffees em alguns países.
 
Observação: eu, por exemplo, tenho enxaquecas. Muitas vezes causadas por problemas gástricos. Nesse caso, o café não é meu amigo. Já em enxaquecas causadas por outros fatores, realmente eu noto uma melhora. Discreta, mas melhora.
 
Café atrapalha a absorção de ferro – VERDADE: o café atrapalha a absorção do ferro de origem vegetal. Por isso amigos vegetarianos, revejam o consumo de café após as refeições ricas em alimentos fonte de ferro!
 
Café causa osteoporose – MITO: o café não causa osteoporose. Se você tem uma propensão a ter osteoporose, orienta-se que o consumo deve ser reduzido. Ou seja, 1 ou 2 xícaras de café são suficientes por dia.
 
Grávidas não podem tomar café – DEPENDE: Os resultados são conflituosos. 1 a 2 xícaras diárias não demonstraram, em estudos feitos com animais, nenhuma alteração importante no feto. Porém, um consumo aumentado já demonstrou uma relação com baixo peso a nascer, entre outros problemas. Minha sugestão é: reduza ou evite o café durante a gravidez e a amamentação!
 
Ah! Uma xícara de café A xícara citada dos dados desse post tem 40/50 mL de café.
 
E quanto de cafeína posso ingerir?
 
Fiz algumas pesquisas, e esse é um resultado muito polêmico. A maior parte das referências mostram que uma quantidade entre 400 a 500 mg de cafeína (por dia), em indivíduos saudáveis, não fazem mal. Mas esse consumo depende, claro, de outros fatores. O que equivale a 4 xícaras de expresso e 4 xícaras grandes (100 ml) de café coado
 
Qual bebida tem mais cafeína?
 
Não gosto de avaliar de maneira isolada: 50 ml de energético tem menos cafeína que um café expresso (na mesma quantidade). Porém, numa baladinha, várias pessoas tomam uma grande quantidade de energético, e na rotina diária não se aproximam dessa quantidade no consumo de café. Então avalie o seu consumo como um todo!
 

Veja a tabela abaixo:
 
 
E uma boa notícia para quem ainda conta calorias: o café quase não tem calorias!!!! Isso mesmo! Sem açúcar, está liberado nas dietas de emagrecimento. Mas lembre-se sempre: o excesso sempre é prejudicial.
 
Para finalizar, um infográfico com informações sobre o café e seu consumo no Brasil e no mundo!
 
Beijos e até a próxima!
 
Marina