Reflexão: a ditadura da magreza

28 de outubro de 2013

Sopa de Tomate com cenoura

28 de outubro de 2013

Refrigerante ou Suco?

28 de outubro de 2013
empty image
empty image

Semana passada não consegui postar nada, foi uma semana super corrida! Sorry! Essa semana vou caprichar pra compensar o sumiço!

 
Muuuuuuitas pessoas procuram melhorar a alimentação fazendo algumas mudanças que observam na internet, nas revistas ou na televisão. Muitas vezes essas mudanças são super legais e realmente valem a pena. Mas em outros casos as pessoas “erram felizes”, ou seja: fazem modificações ou adotam atitudes que nem sempre são vantajosas.

Caso clássico: trocar o refrigerante pelo suco de latinha. Será que vale a pena?

Selecionei a Coca Cola e o ‘Suco’ de Pêssego para comparar:
Coca Cola
1 copo de Coca Cola (200 mL) tem:
 85 kcal
Sendo 21g de carboidrato (ou seja, 21 g de açúcar)
10 mg de Sódio.
“Suco” de pêssego
 
1 copo de ‘Suco’ de pêssego (200 mL) tem:
 
111 kcal
Sendo 27 g de carboidrato (acredito que grande parte seja de açúcar)
7,2 mg de sódio
 
O ‘suco’ está entre aspas porque na verdade essa bebida é um néctar. Para ser suco a bebida deve ter no mínimo 50% de polpa e não devem ser adicionados aromatizantes ou conservantes. O Néctar tem de 30 a 50% de polpa e pode ter conservantes e aromatizantes – é o que acontece no caso acima.

E qual o impacto dessas bebidas na minha saúde?

As duas bebidas são açucaradas. Veja os comparativos com valores aproximados: a quantidade de açúcar contida em cada bebida comparadas a sachês, colher de café e cubos de açúcar.
 
*valores aproximados
 
*valores aproximados
Na verdade o suco industrializado tem MAIS açúcar que o refri! Então NÃO HÁ VANTAGEM EM TROCAR O REFRI PELO SUCO! Uma ótima dica para as mamães de plantão, que vivem achando que o suco de caixinha ou latinha é melhor que o refrigerante.
Claro que uma vez ou outra tomar uma Coca-Cola ou um ‘suco’ de latinha não fará mal, principalmente se você não consome altos níveis de açúcar na sua dieta. Como é uma grande quantidade de açúcar sendo consumida de uma vez só, sugiro que você tome com algum alimento fonte de fibra, proteína ou gordura: esses três ‘atrasam’ a digestão, então o açúcar não será lançado na sua corrente sanguínea com tanta velocidade.
Quando ingerimos uma grande quantidade de açúcar, o corpo ‘interpreta’ como um excesso de energia circulante – e então ‘estoca’ essa energia. A forma que o corpo tem de guardar energia é em forma de gordura: por isso o excesso de açúcar tem como consequência o ganho de peso.
Além disso, você está ingerindo bebidas que não acrescentam NADA para sua saúde! Não seria muito melhor tomar um suco de frutas natural ou água?

E as versões light?

A Coca-Cola light está voltando ao mercado brasileiro (vocês sabiam?). Enquanto ela não reaparece para que a gente faça uma avaliação, usei a Coca Zero para fazer o comparativo!
1 copo de Coca Cola Zero (200 mL) tem:
0 kcal
0 g de carboidrato
28 mg de Sódio
1 copo de ‘Suco’ de pêssego light (200 mL) tem:
 
40 kcal
Sendo 9,2g de carboidrato (sendo 9,2g em açúcar)
7,9 mg de sódio
A versão light do suco de pêssego tem menos açúcar, enquanto a versão Zero da Coca-Cola não tem nenhum – e é Zero Calorias. Então em termos de açúcar, são bebidas que tem seu lugar no caso das pessoas que não podem ou não querem ingerir açúcar.

E light, pode?

Eu sou da teoria que quanto mais natural, melhor. Já comemos tantas coisas industrializadas, porque não trocar o suco industrializado pelo suco de frutas, ou pela água? E pra que tomar refrigerante se ele não te oferece nutriente nenhum (apenas um monte de adoçante, conservante e acidulante)?
Muitas nutricionistas indicam trocar a Coca-Cola ‘normal’ pela Zero. Eu acho muito difícil generalizar: cada caso é um caso. Eu converso muito com os meus pacientes, para tentar entender a verdadeira necessidade em consumir esse produto. Se for pra matar sede, vou logo avisando: o que mata a sede é água! Muitos desses comportamentos (tomar refrigerante, comer determinado alimento – principalmente doces) são vinculados a um hábito, e procuro identificar sempre qual o hábito e o que podemos fazer para modificá-lo.
Se você está fazendo uma dieta, com um foco específico e um prazo determinado, talvez o refrigerante 0 seja o mais recomendado. Mas se você está em busca de uma vida mais saudável, ou está se reeducando, eu indico tirar o refrigerante e o suco industrializado da sua vida. Deixe apenas para momentos bem específicos: não precisa perder o prazer de tomar uma Coca-Cola, Guaraná ou até um suco de de caixinha. É importante saber a necessidade, quantidade e qualidade de tudo que consumimos.
Uma dica que eu sempre passo – e faço! – é tomar água com gás (ou sem) e algumas rodelas de limão, laranja ou qualquer outra fruta que você goste.
Veja algumas idéias para substituir o refrigerante ou suco!
Espero que tenham gostado!
Até a próxima,
Marina